Gravidez em Mola, o que é?

Imagem : Tua Saúde

A gravidez em mola, também chamada de gravidez molar ou mola hidatiforme, é uma complicação rara da gravidez que leva ao aborto espontâneo e que pode ser classificada em completa ou parcial.

Na gravidez em mola completa o feto recebe apenas as células do pai duplicadas e na parcial o feto recebe as células duplicadas do pai mais as células da mãe. Estas alterações formam um emaranhado de células semelhantes a cachos de uvas no útero da mulher, causando a malformação da placenta e do feto, não havendo a possibilidade deste se tornar um bebê.

Este conjunto de células anormais pode espalhar-se e gerar complicações, como o câncer, por exemplo. Veja: Gravidez Molar pode causar Câncer.

Sintomas da gravidez em mola

Os sintomas da gravidez em mola podem ser semelhantes aos de uma gravidez normal, como atraso menstrual e enjoos matinais, mas após a 6ª semana de gestação pode haver:

  • Aumento exagerado do útero;
  • Sangramento vaginal intenso ou não;
  • Dor abdominal e nas costas.

O diagnóstico da gravidez molar é feito através do exame de sangue, que mostra quantidades muito elevadas do hormônio Beta HcG e através do ultrassom transvaginal, que evidencia a malformação.

As causas da gravidez em mola ainda não são totalmente conhecidas, mas acredita-se que ela ocorra quando o óvulo é fecundado por 2 espermatozoides ao mesmo tempo.

O que pode causar gravidez molar

As causas da gravidez molar ainda não foram esclarecidas, mas se sabe que o erro pode ocorrer quando 2 espermatozoides fecundam o mesmo óvulo.

Tratamento da gravidez em mola

O tratamento da gravidez em mola pode ser feito com o uso de remédios que provocam o aborto ou aspiração uterina, que consiste na sucção do interior do útero, para remover totalmente as células anormais.

Algumas mulheres mesmo após a curetagem podem permanecer com células do embrião dentro do útero e estas podem virar um câncer. Caso ela seja diagnosticada com um tumor maligno o tratamento deve ser realizado à base de quimioterapia ou cirurgia, e ela deverá realizar o exame de sangue Beta HcG durante 1 ano.

A mulher que teve uma gravidez molar deve esperar cerca de 1 ano antes de engravidar novamente, sendo que o risco de voltar a ter gravidez em mola é muito pequeno, com cerca de 1%.

A gravidez molar pode trazer graves complicações para a saúde da mulher, porque pode dar origem ao câncer, chamado de neoplasia trofoblástica gestacional, caso o aborto clínico ou a curetagem não sejam capazes de eliminar completamente os restos ‘fetais’.

Há suspeita de câncer trofoblástico gestacional quando existem sintomas como útero aumentado, sangramento vaginal e cistos nos ovários, podem. No entanto, praticamente metade das mulheres afetadas não apresentam nenhum sintoma. O diagnóstico desse tipo de câncer geralmente é feito através do Beta HCG altos ou pelo aparecimento de metástase, mais comuns no pulmão ou na região genital.

Como tratar a gravidez molar

Por volta das 6 ou 8 semanas de gestação deverá acontecer um aborto espontâneo, pois o desenvolvimento do embrião não é possível. Caso a gravidez molar tenha sido descoberta antes do aborto espontâneo é necessário provocar o aborto com o uso de medicamentos abortivos indicados pelo ginecologista ou obstetra, ou então deve-se realizar a aspiração uterina, para garantir que o útero fique devidamente limpo.

A aspiração uterina é mais indica que a curetagem porque algumas mulheres mesmo após a curetagem podem permanecer com células do embrião dentro do útero e estas podem vir a tornar-se num tumor maligno dependendo de cada caso. Caso ela seja diagnosticada com um tumor maligno o tratamento deverá ser realizado à base de quimioterapia e/ou cirurgia para remoção do útero ou das trompas se estas também forem afetadas.

Após o tratamento inicial a mulher deve ser acompanhada durante 1 ano realizando o exame para avaliar o Beta HCG porque se restarem mesmo que minúsculos vestígios da mola dentro do útero, haverá aumento desse hormônio, o que significa que é preciso realizar uma nova curetagem para limpar completamente o útero.

Fonte:Tua Saúde Entenda o que é Gravidez em Mola

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s